IMG_4839 - editado

Não é novidade para ninguém que o carnaval de Salvador é um dos mais famosos do mundo, e em 2018 ele se prolongou ainda mais para os alunos do Programa Esporte e Lazer da Cidade – PELC de Simões Filho, que se reuniram na manhã do último sábado (17), para celebrar os primeiros meses do projeto na Associação Cidade da Criança.

Entre confetes e serpentinas, fantasiados de forma mais incrementada ou com simples adereços na cabeça, as turmas de ginástica, dança de salão, capoeira, futsal, voleibol e handebol se reuniram e dançaram ao som de antigos e novos sucessos da axé music.

Entre as alunas mais animadas, estava a Sra. Marinalva Brito de Souza, que há três meses sai do bairro de Pituaçu, em Salvador, para fazer ginástica e dança de salão, além de mais duas atividades oferecidas pela Casa de Esporte da instituição. “Estou adorando os professores, saio de Salvador e tem dias que chego a demorar mais de 1h no ônibus, mas vale muito à pena. Sou aposentada e as atividades que faço na Cidade da Criança me permitem ser mais saudável e feliz, se pudesse moraria na instituição”, relatou aos risos.

O coordenador do projeto, o educador físico Hélder Christian, agradeceu aos colaboradores que o auxiliam no projeto que trouxe saúde e lazer para Simões Filho. “Sou muito grato por gerir esse projeto na Cidade da Criança, trabalhando com minha comunidade e com atividades que vão muito além do físico, auxiliando todos no convívio social”, ressalta.

Idealizado pelo Ministério do Esporte através de um convênio com a Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), o Programa de Esporte e Lazer da Cidade – PELC irá beneficiar 40 mil pessoas, de todas as idades. A ideia é levar esporte e outras atividades, além de promover a inclusão de pessoas com deficiência, nos 100 núcleos de 78 municípios baianos.